QUAL O SENTIDO DA VIDA?



Um dia eu me fiz uma pergunta: Qual o sentido da vida?

Digo; o verdadeiro sentido, complicado eu sei. E supondo que você tenha se perguntado isso, comecei a observar as coisas ao meu redor; natureza, animais e principalmente as pessoas. Cada um andando por aí indo para o trabalho, para escola, falando ao celular, ouvindo música, brincando com o cachorro, namorando ou em momento de lazer fazendo algum exercício, inventando coisas e pensei:

O que move essa gente?

Por que fazem todas essas coisas?

E depois de muitas observações, reflexões e muitas conclusões apenas uma me agradou – a morte, sim a morte. O sentido da vida é uma palavra forte, impactante eu sei, mas define bem muitas de nossas ações.

Por qual outro motivo faríamos tudo o que fazemos nessa vida?

É o fato de saber que um dia morreremos que nos faz dar valor ao que nos cerca e lutar. Por isso, e por saber que um dia morreremos que amamos, perdoamos, sorrimos, choramos, sonhamos. É por saber que não temos todo o tempo do mundo, e por querer aproveitar esse precioso tempo que corremos atrás dos nossos objetivos, e nos entristecemos tanto quando um erro nos coloca mais distantes de um sonho ou de alguém. 

Há coisas que realmente não voltam nosso tempo é limitado e curto, embora nunca seja tarde para se começar algo ou recomeçar. Então ame, perdoe, sorria e aproveite. Esteja perto de quem você ama, faça algo de bom para as pessoas porque quando tudo isso acabar e você se for... o que ficará será apenas o que você foi para as pessoas – a importância que teve na vida de cada uma delas e para o mundo, suas ações, e mesmo que não esteja em presença continuará vivo na memoria de cada um.

Pense nisso!


Postagens mais visitadas deste blog

OS PREFERIDOS DA MAMÃE

O QUE É SER PRAGMÁTICO?

SILÊNCIO DOS LOBOS